segunda-feira, 10 de novembro de 2014

OBRIGADO A MIM, OBRIGADO A DEUS E OBRIGADO A CADA UM DE VOCÊS!


Primeiro ninguém acreditava, depois ninguém queria saber e ainda me disseram que não era possível ser eu a escrever os meus próprios livros. Nunca permiti que me influenciassem,
nunca desisti, nunca desrespeitei os meus valores nem aquilo que sonhava e o resultado foi este! Está agora escrito e ao alcance de todos. Foram precisos seis livros e muitos anos de crer para obter este tremendo resultado, portanto, e a mensagem que fica disto tudo, é apenas esta: um sonho tem sempre longos caminhos e muitos passos a dar, portanto quem desiste nas primeiras passadas nunca chegará a conhecer este sabor, nunca saberá a gratidão, o orgulho e as emoções que decorrem de uma vitória destas.
Não é o título que me agiganta aos meus olhos, pois hoje sou eu e amanhã será outro autor, o que me faz brilhar é simplesmente o ter acreditado sempre em mim!
Tudo é possível, assim mantenhas acesa a paixão, a disciplina e o teu sentido de missão!

Obrigado!

2 comentários:

  1. " Nunca deixes nada por dizer", tu mesmo o referiste neste livro.
    Pois é, hoje um dos meus objectivos é esse mesmo: Agradecer a alguém por ter conseguido, através das palavras, mudar ( aliado às experiências e vivências que têm surgido) a minha forma de ver, de enfrentar, o mundo.
    Sim, eu sei, tu sabes o valor que tens. E, pelo pouco que conheço da tua pessoa, não é o reconhecimento dos outros que te faz ter a certeza disso. Ainda assim eu preciso, preciso mesmo, de dizer-te "Obrigado".
    Desconheço, por completo, o teu trabalho enquanto bailarino. Quanto à representação recordo-me, e, sinceramente, não há trabalho algum que, aos meus olhos, se tenha destacado. No entanto, estou segura de que enquanto escritor vou lembrar-me sempre, sempre, da tua mensagem.
    Cada palavra, cada frase, cada página, contém em si, todas elas, o teu sonho. Esse que te move e te permite fazer sonhar os outros também. Fazes acreditar em ti, mas, sobretudo, que alguém acredite em si próprio. Isso é o mais importante.
    Continua.
    Obrigado, mais uma vez.

    ResponderEliminar
  2. Olá, bom dia. Este fim de semana estava na livraria bertrand à procura de um livro para ler, e os meus olhos não pararam de olhar no sentido de um livro com o título "arrisca-ta a viver". O seu livro. Identifico-me muito com aquilo que escreve, e nesse sentido também comprei o "agarra o agora".Grata pelas suas palavras. Nesse sentido, tenho um blog que têm tido muitas visualizações por parte dos emigrantes nos EUA, e tenho partilhado nos post, as suas sugestões, do livro que estou a ler, espero que não haja problema. Desejo-lhe tudo de bom.

    ResponderEliminar