quinta-feira, 21 de março de 2013

EXCERTO DO 4º CAPÍTULO - "O AGORA"


Bem-vindo de volta ao planeta da gratidão e à estratosfera das sensações. Este é o universo do “Agora” e este é o motivo pelo qual ainda respiras. Estás aqui para sentir, pois és o que sentes e em mais lado nenhum consegues ou poderás descobrir-te. É bom que te venhas visitar mais vezes. Aqui o tempo não regula, não impõe, não existe, logo a dor não perdura e nada que te aflija te afecta. Aqui não há lugar para mentes nem mentiras, para vítimas ou julgamentos. É a verdade que impera. Não há espaço para bloqueios, preconceitos nem medos, pois reinam os desejos, os sonhos e as paixões. Aqui és e em mais lado nenhum serás, ainda que possas continuar a pensar que és algo fora de ti: uma relação, uma pessoa, um emprego ou um objecto. Nada disso és tu. Aviso-te uma vez mais.
O “Agora” é o segredo mais bem guardado que existe e nenhum outro tesouro se encontra tão bem escondido como ele. Para atingi-lo ou descobri-lo, é necessário hipotecar a mente, fechar os olhos ao pensamento para que o ego não veja onde se agarrar, e sentir.
Sentir é a única fórmula que o ser humano dispõe para alcançar a maior fortuna de uma vida e é por isso que ela foi guardada bem no nosso âmago, pois não estamos aqui para outra coisa senão, e em primeira instância, conhecermo-nos e inspirar os outros a fazê-lo também.

Sem comentários:

Enviar um comentário