domingo, 7 de outubro de 2012

TRÊS ANOS FELIZES! OBRIGADO



Hoje é dia de celebrar o terceiro aniversário do Sôtor.
É igualmente dia de levá-lo à rua, brincar com ele e comigo, pregar-lhe partidas, dar-lhe uns valentes calduços de mimo naquele lombo musculado, apertar-lhe o focinho, puxar-lhe as orelhas, fazer-lhe cócegas, abraçá-lo, dar-lhe de comer e beber e dizer-lhe para sair da frente quando não me deixa ver televisão ou que é um chato do caraças quando se põe a chiar feito um maricas. É, afinal de contas, um dia normal, mas é também uma oportunidade de lhe agradecer e não posso nem quero ficar indiferente a isso.

Por isso, aqui vai a minha prenda em jeito de declaração.
Não me imagino a viver sem ti nem faço qualquer questão em começar a imaginá-lo, se o fizesse estaria a desrespeitar a magia das sensações para me perder nos enredos do tempo e isso eu não faço, tu não o mereces e eu também não. Tem sido, aliás, assim que temos desenhado de uma forma tão bonita o laço que nos une. Somos ambos do “Agora”. Confesso que foste e continuas a ser um brilhante “Sôtor” nessa matéria, como tal, muito mais que o meu melhor amigo, tu és um ser que testemunhou o renascimento de um lado meu que precisava eclodir, és um ser que me tem ajudado a crescer e és um ser que me tem ensinado a ser. Sim, é contigo, e nesta fase em que escrevo o meu quinto livro, que tenho passado a maior parte dos meus quinze minutos diários de “Agora”. Sempre que nos vamos passear, tu induzes-me a esse estado com a tua esfuziante alegria por estar vivo e eu, ainda que mentalmente desgastado pelas páginas e por todo o processo criativo a que um livro obriga, deixo-me ir e em segundos, ao simplesmente ver-te sprintar pela terra, ligo-me à minha verdadeira natureza e sou outra vez. É isso mesmo, tu convidas-me a ser eu todos os dias.

Neste dia do teu terceiro aniversário, senti uma tremenda necessidade de eternizar, em poucas linhas, a magia com que tens pontuado a minha vida. Agradeço-te todos os dias, tu sabes, mas hoje, e pela data em questão, imortalizo a minha gratidão através daquilo que sei ligar melhor, as palavras. Era preciso um verdadeiro mago para me fazer ver alguns padrões de comportamento que estavam bem vincados e alicerçados na minha inconsciência e tu fizeste-me vê-los. Era precisa a força de mil homens para me abanarem o entorpecimento de tamanhas convicções e tu foste precioso, minucioso e sublime a fazê-lo. A força do teu amor permitiu que um mero olhar, uma pata dada ou uma lambidela no momento certo conseguisse derrubar muros edificados há anos e anos atrás, ainda nem tu sabias que ias nascer e dar-me conta da cabeça no primeiro ano que vivemos juntos. Não te rias, tu sabes que foste um “pain in the ass”. Enfim, o afecto que demos à luz trouxe-me algum desse adormecimento à flor da pele e como sempre na minha vida, tomada a consciência de onde posso ser melhor, mudei. Tenho a certeza que também tu te sentes orgulhoso das minhas mais recentes conquistas.  
Enfim, é com um enorme e legítimo orgulho que afirmo que sou um homem melhor desde que lido contigo todos os dias. És o meu companheiro.

Hoje e sempre, “amo-te cabrãozinho”.
Parabéns.

17 comentários:

  1. É lindo de ler tão maravilhosa declaração de amor puro e incondicional. Obrigado pela partilha. Mais uma vez parabéns ao Sotôr e parabéns a ti Gustavo por tão bem ilustrares por palavras todo o amor que te vai na alma, é bonito de sentir.

    ResponderEliminar
  2. Numa altura em que o Ter se afirma em detrimento do Ser, que bem me soube ler estas palavras de amor e de reconhecimento.
    O Gustavo apareceu-me através do FB e tem feito a diferença, pelo que escreve e pela sensabilidade que transmite. Que sorte a do "Sôtor" em ter como companheiro o Gustavo e vice-versa.Os animais são, efectivamente, os nossos melhores amigos, pela fidelidade, pela companhia e pelo amor que transmitem.
    Também tive um "amigo" especial. Sabias? Ficámos ainda mais amigos quando lhe amputaram uma pata....Partiu, tal como partiram algumas pessoas que amo.
    Curtam a vida juntos, aproveitem-na até ao "tutano" porque a vida é curta e todos os bocados são poucos para uma ligação de amor, profunda, incondicional.
    Parabens "Sôtor". Parabéns Gustavo.

    ResponderEliminar
  3. Parabéns aos dois :-) já reparaste no ar dele na 1ª foto e no da 2ª ? o que te parece ele dizer na 1ª? Tudo do MELHOR para os 4!

    ResponderEliminar
  4. Lindo! Lindo! Lindo! É a palavra que melhor descreve esta declaração de amor. Os animais são de facto os nossos melhores e eternos amigos. É amor incondicional e dedicação total. Merecem todas e quaisquer palavras que lhes dediquemos. Dão alegria à nossa vida e preenchem os vazios que eventualmente possam surgir. São o nosso complemento. Não imagino de forma nenhuma a minha vida sem eles. Parabéns Sôtor e parabéns Gustavo pelo amor que demonstras pelo teu amigo patudo :) Tudo de bom!

    ResponderEliminar
  5. Parabéns , é muito bom termos um amigo assim , só demonstra que é uma pessoa com bom coração e de Paz , estão os 2 de parabéns :)

    ResponderEliminar
  6. Adorei Gustavo! Beijinhos a todos e uma festinha especial a esse tontinho cuja energia te transporta à tua verdadeira essência!
    Sara Bello

    ResponderEliminar
  7. Lindo Sotôr, ¡que cumpla muchos más!

    ResponderEliminar
  8. ai que lindo! Amo essa vossa relação. Estou a construir uma igual com a Bee.
    Que coisa doce ter um amigo desses na vida. Parabéns ao Sôtor ;)

    ResponderEliminar
  9. Achei seu Blog por "Acaso"... E como não existe Acaso...
    Eu também Amo Demais os Animais. Gato, Cachorro, Rato, Macaco e tudo o mais que aparecer na minha frente. Menos, cobra.
    O fato é que quanto mais amo-os, mais tenho certeze que me darão Amor Incondicional e que jamis me Decepcionarão, diferente do ser Humano.
    Um abraço Faterno. Parabéns Sôtor, você merece.
    Maria

    ResponderEliminar
  10. Parabéns aos dois, palavras lindas enchem-nos a alma.

    ResponderEliminar
  11. Muitos Parabéns aos dois e um muito obrigada por ser um ser humano tão LINDO!!!

    ResponderEliminar
  12. Como te entendo tão bem! Ao ler estas palavras estava a reviver os meus últimos 7 meses! Desde a entrada da Foxxy na minha vida, com tão pouco sentido, tenho vindo a descobrir muitas coisas, só ainda não me descobri, mas certamente com a Foxxy irei conseguir!
    Parabéns ao Sôtor pelos lindos 3 anos de vida!

    ResponderEliminar
  13. Olá Gustavo!
    Poderás ter mil e uma namoradas, muitos amigos, familiares queridos ... mas, ninguém te fará tão feliz, como um cão; ninguém te receberá com tanto carinho e alegria quando chegas a casa.
    Um cão é um amigo de verdade...
    Parabéns aos dois e que partilhes por muitos anos essa vossa cumplicidade.

    ResponderEliminar
  14. Dois amigos insparaveis. quem dera todos os humanos tivessem assim amor uns pelos outros.

    ResponderEliminar