quinta-feira, 27 de setembro de 2012

TU ÉS A SOLUÇÃO!

Uma vida sem problemas seria também uma vida sem soluções, sem a mínima consciência acerca da nossa capacidade de superação e entrega, sem qualquer referência inspiradora que nos pudesse ser útil a nós ou aos outros, sem paixão por nós mesmos, sem autoconhecimento, sem nada. Com isto não quero dizer que devamos andar por aí a criar problemas, nada disso, o que devemos é criar soluções, pois são elas que nos alavancam todos os índices de amor-próprio e confiança que precisamos, para nos descobrirmos enquanto pessoas e inspirar os outros a conseguir o mesmo. Os problemas nascem sozinhos, seja através dos acontecimentos inerentes à vida e que não controlamos, seja através das distracções que temos, mas as soluções, por outro lado, só se dão à luz mediante uma profunda vontade de viver, uma fé inabalável naquilo que queremos para nós e uma total consciência de quem somos e o que andamos aqui a fazer. E atenção, remediar é um problema tão problemático como o próprio problema ou pior, pois de tanto remediar o que não é remediável, um dia deixas de acreditar no que é possível. Aceita os problemas, são eles a ponte para tudo o que és verdadeiramente capaz e não há sabor melhor do que viver numa pele onde tudo é possível. A cada solução encontrada, mais mérito terás, mais és, mais poderás contribuir para com os outros. Soluciona-te.

1 comentário:

  1. Até há pouco tempo, eu lamentava a minha vida por ter muitos obstáculos.
    Quando desejava e queria muito algo, lá estava um obstáculo e eu não conseguia ter o que desejava. Chegava a chorar e deprimir.
    Até que um dia li uma entrevista duma sra, que eu admiro muito no chamado mundo do Jet 7, onde ela disse que os obstáculos para ela representavam desafios. E ela gosta de desafios porque agitam a vida.
    Fez-se luz para mim. Realmente, os desafios representados nos obstáculos da vida representam para mim até onde eu vou, como consigo solucioná-los.
    Comecei a acreditar mais em mim, a dizer para mim mesma que eu consigo, tenho capacidade para concretizar o que quero.
    Só não consegue evoluir quem não quer, quem está sempre a lamentar, quem gosta de ser vítima e esperar que seja o outro a fazer todo o trabalho.
    Comecei a gostar dos obstáculos. Representam para mim desafios, diversidade na minha vida, repesentam a minha inteligência, a minha força de viver.
    É maravilhoso VIVER. É maravilhoso VENCER.
    Intensificou-se mais este sentimento desde que fiz o WorKshop contigo Gustavo.
    Agradeço ao Universo por me fazer cruzar no teu caminho. É muito bom aprender com quem tem algo de construtivo para partilhar. Continua esse teu trabalho que é fantástico.

    Harmonia.

    Célia

    ResponderEliminar