sexta-feira, 21 de setembro de 2012

DESISTIR? SÓ SE FOR DE TE OUVIR!

Desistir só é opção para quem não acredita e se não acreditas também não mereces, portanto aprende a agraciar os persistentes, os diferentes de ti. Sim, já que não consegues nada, esforça-te pelo menos para reconhecer os que conseguem tudo. Só isso te permitirá um dia olhar para eles e querer acreditar como eles, ser inspirado por eles. Se julgares que é mera sorte pensarás sempre no azar que tens e meu caro, enquanto essa ideia ingrata não te sair da cabeça, não mereces tu outra coisa.
Acreditar faz e fará sempre a diferença, pois as soluções e as ferramentas para agir abundam num estado de confiança. Portanto da próxima vez que chamares alguém de sortudo, pensa primeiro no que ele teve de acreditar e tu nunca acreditaste, nos obstáculos que ele superou e que tu nunca ousaste saltar, em todas as vezes que persisitiu e na primeira que te fez desistir, no sonho que ele vive e na estupidez que tu carregas. Não é sorte meu menino, é mérito.
Quem te manda não acreditar... em ti?

2 comentários:

  1. Olá Gustavo, vou trata-lo por tu se me permitir.
    Muitos parabéns por mais esta etapa, prometo ser um assíduo leitor deste teu blogue, até porque, já sou um seguidor regular do teu trajecto, curto é certo, mas com o peso e mérito de uma longa caminhada. Prometo também, estar deste lado para te congratular com palavras, sempre que nelas me reveja, ou por outro lado, para discordar se necessário for, trocaremos ideias, debateremos assuntos, e chegaremos a conclusões…Juntos aprenderemos, o peso que a escrita tem…

    Um abraço
    -V-

    PS – “…não acreditas também não mereces” No meu entender, ninguém é merecedor de nada, todos somos aquilo que queremos, e não que merecemos.

    ResponderEliminar
  2. SIMPLESMENTE ADOREI ....DESISTIR?? SÓ SE FOR DE TE OUVIR..

    ResponderEliminar